ALGUMAS HERESIAS E INVENÇÕES CATÓLICO-ROMANAS ADOTADAS DURANTE UM PERÍODO DE 1650 ANOS.

EVENTO

ano D.C.

 

Orações pelos mortos, começaram ao redor do ano 

300

Fazer o sinal da cruz

300

Velas de cêra

320

Lei dominical promulgada por Constantino, ordenando o repouso no primeiro dia da semana

321

Concílio de Laodicéia, adota o Domingo como dia do Senhor

346

Veneração dos anjos e de santos mortos, e o uso de imagens

375

Missa como celebração diária

394

Começo da exaltação de Maria, o termo de Mãe de Deus, cuja primeira aplicação deu-se no Concílio de Éfeso.

431

Sacerdotes começam a vestir-se de forma distinta da dos leigos. 

500

Extrema-unção

526

A doutrina do purgatório, estabelecida por Gregório I

593

O latim usado nas orações e cultos, imposto por Gregório I

600

Orações dirigidas a Maria, santos mortos e anjos

600

Título de Papa ou Bispo Universal dado a bonifácio III pelo Imperador Focas

607

Beijar o pé do Papa, começa com o Papa Costantino

709

Culto à cruz, imagens e relíquias autorizado em

786

Água benta misturada com um pouco de sal e abençoada por um sacerdote

850

Culto a S. José.

890

 

Colégio de Cardeais estabelecido em  

927

 

Batismo de sinos, instituído pelo Papa João XVIII.  

965

 

Canonização de santos mortos, pela primeira vez, pelo Papa XV. 

995

 

Jejum nos dias: Sexta-feira e durante a Quaresma   

998

 

Celibato do sacerdócio decretado por Gregório VIII (Hildebrando) 

1079

 

O Rosário, oração mecânica com contas inventada por Pedro o Ermitão 

1090

 

A Inquisição, instituida pelo Concílio de Verona.  

1184

 

Venda de Indulgências 

1190

 

Transubstanciação, proclamada pelo Papa Inocêncio III.  

1215

 

Confissão auricular de pecados, ao sacerdote em vez de a Deus, instituida por Inocêncio no Concílio de Latrão 

1215

 

Missa ensinada por Pascácio Rodbert. Séc.IX, é aprovada no Concílio de Latrão

1215

 

Adoração da hóstia decretada pelo Papa Honório III.   

1220

 

Proibição da bíblia aos leigos e colocada no índice de livros proibidos pelo Concílio de Valença.

1229

 

O Escapulário inventado por Simão Stock, um monge inglês.  

1251

 

É proibido ao povo o uso do vinho da comunhão no Concílio de Constança.

1414

 

O Purgatório proclamado como um dogma pelo Concílio de Florença.

1439

 

A doutrina dos Sete Sacramentos confirmada.

1439

 

Ave Maria (parte da última metade foi acrescentada 50 anos depois e aprovada pelo Papa Sixto V, no final do século XVI).

1508

 

Jesuítas, ordem fundada por Loyola. .

1534

 

Tradição, declarada de igual autoridade que a Bíblia pelo Concílio de Trento

1545

 

Livros apócrifos, acrescentados à Bíblia pelo Concílio de Trento.

1546

 

Credo do Papa Pio IV, imposto como credo. 

1560

 

Imaculada Conceição da Virgem Maria, proclamada pelo Papa Pio IX

1854

 

Sílabo de erros, proclamado pelo Papa Pio IX e ratificado pelo Concílio Vaticano, condenando a liberdade de culto, de consciência, de pregação, de imprensa e os descobrimentos científicos que são desaprovados pela Igreja Romana; sustentando a temporal autoridade do Papa sobre todos os governantes civis.

1864

 

Infalibilidade do Papa em matéria de fé e de moral proclamada pelo Concílio do Vaticano

1870

 

Escolas Públicas condenadas pelo Papa Pio XI.

1930

 

Assunção da Virgem Maria (ascenção corporal ao Céu, pouco mais depois de sua morte) proclamada por Pio XII

1950

 

Maria, proclamada Mãe da Igreja pelo Papa Paulo VI.  

1965

 

Além disto, muitas outras: padres, freiras, conventos, 40 dias de Litania, Semana Santa, Domingo de Ramos, Quarta-feira de cinzas, Dia de Todos os Santos, dias nos quais não se pode comer carne ou só peixes, incenso, óleo sagrado, ramos sagrados, medalhas de Cristóvão, amuletos, novenas e outras.

(Bibliog. : Loraine boettner, Roman Catholicism. Filadélfia, Pensilvânia: The Presbyterian and Reformed Publishing Company, 1969).

 

 
Forum